seguir por email

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Prudence

O Prudence, barco do Médicos Sem Fronteira, por conta da reunião do G7 não pode atracar na Sicília neste fim de semana e finalmente obteve êxito no porto de Napoli, desembarcando 1.500 refugiados resgatados ao mar. 
Ao som de Milton Nascimento vai cumprindo sua vocação. Fica a sugestão aos que apreciam.

domingo, 28 de maio de 2017

Valor comercial

Todos sabemos que o critério de valor comercial para o pescado em qualquer parte do mundo é o gosto do cliente, quer dizer, o que vende mais, tem mais valor comercial. A conta é bem simples, pescado comercialmente bem situado como tainha do mar, cavala, polvo, carapau são rapidamente selecionados e o que sobra é descartado. A questão é pouco explorada em como melhorias industriais seriam buscadas aos de menor valor ou mesmo a prática da pesca seletiva.
Outra questão é tipo de pesca; enquanto o arrasto provoca danos ao ambiente marinho, no cerco, a rede não toca o fundo do mar fechando-se em torno ao cardume mais próximo à superfície.
Moral da história: uma maior efetividade dos órgãos reguladores na atividade pesqueira seria o que se chama sustentabilidade e assim controlar o desperdício e danos aos ambiente. Defeso é pouco e abstração teórica.

sábado, 27 de maio de 2017

O futuro

Convenhamos que estará no campo cibernético a resolução definitiva da questão nuclear, por enquanto só resta negociar. A solução passa pelo silêncio tecnológico produzido ao opositor. Ficaria assim livre para destruição dos silos e arsenais nucleares.
Por enquanto devemos ser realistas, já que existe o mercado da bola, mercado de capitais, mercado de venda de informações, mercado do silêncio, por que não um mercado de venda de artefatos nucleares, pois a tecnologia de lançamento de mísseis vários países a possuem em abundância.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Nota expressiva

 
O estigma judaico de detentores do capital mundial provém da propaganda nazista. É fato que os judeus por serem povo nômade e afim ao comércio, por conta de uma característica muito própria, ou, o humor judaico; por sinal, muito apreciado. Nem sempre foi assim, a etnia judaica dividiu-se em várias tribos, por sinal, amantes das artes plásticas, ciências, filosofia e como não poderia deixar de ser da música.
Nos EEUU atualmente a comunidade é conhecida pelo poder econômico adquirido no pós guerra, além de donos de Wall Street. Nem sempre foram tão ricos, desde a imigração em massa originada pela derrocada de Nassau, nunca tiveram por lá vida muito fácil, por conta do país ser terra de imigrantes.
É fato que ao fugirem da perseguição nazista em que os mais felizes economicamente foram mais bem vindos, investiram na produção da estrutura militar, desde a fabricação de uniformes à hospitais e armas. Com o fim da guerra possuiam uma gorda conta bancára que participaria do plano Marshal e seis milhões de vítimas do Holocausto. Foi num ambiente de fracasso econômico, circulando pelo Brooklin com sua gaita nada menos que Gershwin,  tirou os acordes de sua obra mais expressiva. Aos que apreciam a sugestão.







quinta-feira, 25 de maio de 2017

Princípio de Peter


Laurence J.Peter, pedagogo canadense tenta explicar o êxito profissional do medíocre pelo que denominou 'Princípio de Peter'. Diz que em uma organização, o medíocre tende a ascender até que atinja seu nível de incompetência. Ao alcançar o nível de incompetência, segundo o pedagogo, o medíocre se sentirá tentado a boicotar subordinados visando prejudicar sua promoção, ou, quem sabe, demissão.
Por conta da promoção por mérito, acabaremos ocupando algum cargo sem a devida competência e por tal, deixaremos de nos destacar, indo por água abaixo futuras promoções, nos encurralando em um nicho de mediocridade.
Por essas e outras, que os americanos buscando estimular a eficiência, preferem ao invés de promover o bom trabalhador, conceder-lhe aumento salarial. Sem nos esquecer, que entram aí outros fatores nesta complexa equação da mediocridade.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Nota sobre o 24 de maio

No dia em que se comemora N.S. Auxiliadora, Santa Sara Kali Padroeira dos Ciganos e a Infantaria, talvez fosse adequado lembrar dois Ciganos que venceram barreiras de preconceito e se tornaram presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek e Washington Luís. Juscelino, mineiro de Diamantina, Lazarista por fé, médico por profissão e militar por escolha, materializou a ideia em levar à oeste o desenvolvimento. Inserido no lema, 'festeja e trabalha', seu principal legado foi Brasília até hoje uma festa. "A vida sempre vale à pena, desde que a alma não seja pequena."

terça-feira, 23 de maio de 2017

Nota sobre Stanford

Um estudo da Universidade de Stanford concluiu que 80% do planeta está influenciado por ondas de calor por ação humana. Já a seca atualmente está na casa de 57% das regiões e as inundações em 41% da superfície terrestre.
Avaliaram também que os eventos mais quentes e mais extremos ocorrem nos trópicos. Já no caso de degelo Ártico descobriu-se que a pressão atmosférica ocorrida na onda de calor da Rússia em 2010 acabou por tornar-se padrão. Eventos extremos no norte com fortes variações de pressão atmosférica associadas à fortes ventos é o padrão.